Arte e Criação = Mauricio Maruo

Capela Sistina

A capela Sistina foi construída a partir de 1475 (o mesmo ano em que Michelangelo nasceu) e contém em si um espaço simplicíssimo: é uma única e ampla sala retangular, com as medidas que a Bíblia atribui ao templo da Salomão: 40,23 metros de comprimento e 13,41 metros de largura. O pavimento é revestido de mármores policromos e nas paredes.
Ao entrar, por uma pequena porta ao lado do altar, quase todos os visitantes levantam os olhos vorazes para a abóbada, até que, virando-se satisfeitos, os abaixam em direção ao “Juízo Final”.
Michelangelo pintou primeiro a abóbada. Iniciou em 1508, tinha 33 anos e pouca vontade de executar o trabalho que lhe foi encomendado pelo papa Júlio 2º.

Sentia-se escultor, queria enfrentar blocos de mármores, cinzéis e martelos, não cores e pincéis. Resistiu como pode-se resistir a um papa: desculpou-se, disse que aquela não era sua arte e até propôs o nome de Rafael, que também estava trabalhando nas dependências papais.

Michelangelo afastou todos da Sistina, colocou tapumes para que ninguém visse o que fazia e trabalhou sem interrupção, por quatro anos, com a cabeça reclinada para trás. Entregou a obra em outubro de 1512, data memorável para a história da pintura.

Na parte central do afresco, são representados episódios do Velho Testamento. Ao redor, os corpos de profetas, sibilas e outros personagens são comprimidos em um espaço exíguo, que parece inadequado. Michelangelo usava esse contraste para acentuar a monumentalidade dos movimentos e, parece, para expressar os esforços do homem para alcançar outro espaço, transcendental e divino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: